Cerco fechando em Formosa: MP realiza operação contra fraude em licitações

Um grupo suspeito de fraudar licitações, falsidade ideológica e usos de documentos falsos é alvo de uma operação, na manhã desta sexta-feira (22), em Formosa. De acordo com o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), já foi decretado o bloqueio de R$ 5 milhões reais dos investigados para assegurar o ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos.

A investigação apontou que foram fraudados oito procedimentos licitatórios que tiveram como objetivo a pavimentação asfáltica e tapa buraco nas ruas da cidade. A Operação Demostenes cumpre quatro mandados de prisão preventiva. Os alvos são os empresários André Luiz Gontijo de Sousa e Vanessa Maris Araújo Fernandes, os proprietários da empresa MULT X Construtora, e os engenheiros Leonardo Machado Ferreira e João Batista Martins Furtado.

fonte: O Popular

Ocorrências Políciais is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache