Acusada de matar policial em Planaltina de Goiás é presa em flagrante

Maria Rosa Viana dos Santos, de 37 anos, foi presa em flagrante na noite desta quarta-feira (06), acusada de matar a tiros seu companheiro, o sargento da Polícia Militar Luciano da Silva Melo, de 52 anos. O crime ocorreu por volta das 19h, no distrito de São Gabriel, em Planaltina de Goiás.

Uma testemunha informou à Polícia Militar que ouviu uma discussão entre a acusada e o policial e, em certo momento, escutou o militar pedindo para ela devolvesse a sua arma. Minutos depois, escutou dois estampidos, acionando a PM imediatamente.

Após o crime, diversas equipes, inclusive com apoio de policiais de folga, empreenderam diligências e conseguiram encontrar a suspeita em fuga pela BR 020. Ela estava na companhia do seu ex-marido e, inicialmente, negou o crime informando que tudo não passaria de um “mal entendido´´. No entanto, essa versão foi desmentida pelo ex-companheiro da acusada, o qual relatou que ela havia pedido ajuda, relatando que havia feito uma besteira e que não poderia ficar na cidade.

Após os procedimentos no local da abordagem, a acusada levou a equipe até o local onde escondeu a arma de propriedade do policial que fora utilizada no crime.

Assim, ela, juntamente com seu ex-marido, foram conduzidas à delegacia, para os procedimentos legais.

Ocorrências Políciais is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache