Vereador de Flores de Goiás é preso por peculato e falsificação de documento

O vereador de Flores de Goiás, Walter de Jesus Santos, de 42 anos, conhecido como Márcio de Santa Maria (PDT), foi preso na tarde desta terça-feira (10), no posto de combustíveis de seu irmão, no Povoado de Santa Maria. Ele é investigado pelos crimes de falsificação de documento, peculato e abandono de cargo.

A denúncia apresentada pelo Ministério Público aponta que o vereador é acusado de receber salário de professor da prefeitura entre os anos de 2009 e 2016 sem estar exercendo a função. O político também é acusado de adulterar as folhas de ponto e outros documentos laborais.

Após exames médicos, o vereador foi conduzido pela Polícia Militar ao presídio de Flores de Goiás, onde ficará recolhido.

  • Com informações do Jornal O Popular

Ocorrências Políciais is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache