Pai é suspeito de atirar contra filho de seis meses que chorava no berço em Luziânia

Um pai é acusado de assassinar o próprio filho, de seis meses, na madrugada desta quarta-feira (12), em Luziânia. O motivo do crime seria o choro da criança. As informações são do Correio Braziliense.

De acordo com a Polícia Civil de Goiás, os pais da vítima contaram que saíram de casa para consumir drogas e retornaram às 4h. Ao entrar em casa, o homem se irritou com o choro do filho, buscou uma arma e atirou contra o tórax do bebê, que estava no berço.

O menino chegou a ser encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas não resistiu ao ferimento. De acordo com o Correio Braziliense, fotografias da cena do crime mostram duas manchas de sangue no berço.

Ainda segundo a Polícia Civil de Goiás, o casal confessou que o homem foi o autor do disparo. A mãe do bebê, de 20 anos, confessou o uso de drogas antes do crime. No entanto, ela alega que tentou impedir que o companheiro assassinasse o filho.

De acordo com o Correio Braziliense, o suspeito possui passagem criminal por receptação qualificada, caracterizada por adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar um produto de crime.

Fonte: O Popular

Ocorrências Políciais is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache