Untitled Document
Principal Contra Cheques Fotos Dicas de Segurança Expediente Legislação Humor Fale Conosco
11/08/2009 - Brasil

Traficante é morto a pauladas em Paranaiguara


O traficante paulista João Batista Martins Neto, o Jô, de 28 anos, natural de Santos (SP), foi assassinado com várias pauladas por volta das 2 horas da madrugada de hoje, em um acampamento às margens da rodovia GO-164, em Paranaiguara, no Sul do Estado. Antes de ser morto, ele havia feito uso de drogas, de acordo com testemunhas, e acabou se envolvendo numa briga.

Segundo testemunhas, Clerisan Abreu Barros, 27, natural de Tocantinópolis (TO), desferiu várias pauladas em Jô. O autor do crime ainda não foi localizado pela Polícia Militar. A mulher dele, Márcia Luz de Sousa, 27, também usuária de drogas, contou aos policiais que ao chegar ao acampamento presenciou o companheiro agredindo a vítima.

Ela foi detida junto com o Márcio Dênis Muniz Ferreira, 23, e a companheira dele, Kênia de Jesus. O casal é suspeito de ter praticado um assassinato no município de Colômbia (SP), na fronteira entre São Paulo e Minas Gerais. Eles estão na delegacia, onde prestam depoimento neste momento.

De acordo com a Polícia Civil, Jô morava no acampamento, perto da entrada da cidade, há quase 20 dias. Nesse período, ele praticou diversos furtos em Paranaiguara. Há alguns dias, ele foi intimado para comparecer às 14 horas de hoje à delegacia. O traficante também possui diversas passagens por furto em Quirinópolis, cidade em que residia antes. Nesse município, ele recebia drogas para distribuir em Paranaiguara.

Informações apuradas pelo POPULAR junto à Delegacia de Quirinópolis revelam que Jô e o pai chegaram a ser detidos distribuindo drogas na cidade há um ano. O flagrante só não foi configurado porque foi encontrada uma pequena quantidade com os dois. Ele também era investigado pelo envolvimento na morte de uma adolescente há quatro meses.


Fonte: Jornal o popular